Circo Contemporâneo Todas as gerações

Companhia Erva Daninha Savar A. M.

O fim de vida abrupto de 1.127 pessoas na derrocada de um prédio no Bangladesh surgiu como uma pedra no sapato no mundo ocidental. Como seguir caminho como se nada fosse, com o desconforto da morte de todos aqueles trabalhadores da indústria do vestuário de marcas ocidentais na consciência? Em Savar A.M., a Companhia Erva Daninha liga todos os fios e linhas que sustentam os alicerces de um sistema frágil e exposto ao colapso, numa reflexão necessária feita através de dança, acrobacia e manipulação de objetos. Um momento de circo documental em forma de instalação plástica que expõe o circo sem regras que se tornou o mundo.

 

19/10 21:30 Ourém Junta de Freguesia de Caxarias
20/10 16:00 Torres Novas Praça 5 de Outubro

i